Como se tornar vegetariano, dicas para ser saudável




Algumas dicas para saber como se tornar vegetariano.

Quando decidi tornar-me vegetariana surgiram várias questões que tive de responder para conseguir encontrar um equilíbrio para a minha dieta, que iria se distanciar bastante daquela a que estava habituada. Tive de encontrar uma forma de substituir as proteínas e alguns nutrientes, para que conseguisse ter uma alimentação saudável. Sabendo que anteriormente o consumo de proteínas que ingeria provinham da carne, assim com a exclusão da carne tive de passar a consumir outros alimentos que substituíssem, como feijões, ervilhas, quinoa, lentilhas, tofu e soja, que também são ricos em proteínas. Tal como, queijos e ovos, que também se incluem numa dieta vegetariana. Apenas os veganos é que não consumem qualquer tipo de alimento de origem animal. Assim é importante ter em atenção os alimentos que se consome sendo preciso ter em conta certos alimentos que fazem parte de uma dieta vegetariana.

Pirâmide de alimentos vegetariana

Pirâmide vegetariana

Através da pirâmide de alimentos apresentada é possível conduzir uma alimentação saudável para quem pretenda tornar-se vegetariano.

Assim, uma alimentação vegetariana poderá trazer vários benefícios para a saúde, quando bem planeada e acompanhada por exercício físico. Para fornecer uma melhor qualidade de vida para os praticantes, como também maior longevidade.

 

Benefícios da dieta vegetariana

 

Aqueles que adoptam este tipo de dieta mais tarde iram sentir várias mudanças no seu dia-a-dia. Tais mudanças estão relacionadas com o melhor funcionamento do organismo, haverá menos propensão a certas doenças. Tais como doenças intestinais, sendo que o consumo de vegetais conduz a um melhor funcionamento dos intestinos derivado a rápida digestão dos alimentos. Também reduz o risco de doenças de coração sendo que o consumo de carne aumenta a acumulação de partículas na parede das artérias consequentemente elevando a possibilidade de entupimento dos vasos sanguíneos. Os níveis de pressão arterial são mais facilmente controlados devido aos altos níveis de fibra, como também ao menor consumo de gorduras. Que poderá levar à perda de peso. A diminuição do colesterol tendo em conta que há um maior consumo de frutas, legumes e frutos secos, que ajudam a controla-lo.

Quando mudei para este tipo de dieta senti de imediato algumas pequenas mudanças no meu organismo, tanto físicas como mentais. Passei a ter mais facilidade a digerir os alimentos e aquando do fim de uma refeição não ficava com a sensação de barriga inchada e bastante “cheia”, como acontece quando ingerimos carne. Perdi algum peso, mas nada de mais, mas passado um ano voltei de novo a ter o peso que tinha anteriormente. Quanto a parte mental, comecei a estar mais calma, com a sensação de que estava mais leve e tranquila.

Leia também “Ser vegetariano é saudável“.