Facebook multado por indevida utilização dos termos de privacidade

CNIL VS FACEBOOK

Ao que parece, a gigante das redes sociais continua a fazer uso indevido dos dados de privacidade dos seus utilizadores, caso que já se teria verificado no passado. Desta vez no entanto, sem sair impune de tais actos : o caso deu-se em França, nesta terça feira, a Commission Nationale de l’Informatique et des Libertés (CNIL) multou o Facebook em 150 mil euros por este não informar explicitamente os seus consumidores acerca de como são utilizadas as suas informações pessoais, para mais tarde serem vendidas e utilizadas como advertising (publicidade).




“Como assim?” Perguntas tu…

Sim, isto porque todas as publicidades que vês no Facebook não são selecionadas aleatoriamente, mas sim com base no teu perfil, informações como a idade, o genero, localização, educação, interesses como os teus filmes favoritos e ate o facto de seres ou não solteiro(a) influencia toda esta escolha nas publicidades que te vão ser exibidas pelas empresas que por sua vez pagam ao facebook. Isto deveriam ser informações confidenciais para terceiros, no entanto o facebook vende estas informações e nao é explicito quanto á forma como o faz, o que levou então a ‘guarda’ da privacidade francesa a este acto.

Nota:

Atenção, é importante notar que o Facebook nao é a unica rede social a agir deste modo, no fundo todas as redes sociais são semelhantes no seu modo de operar, no entanto o facebook por ser a maior rede social no momento acaba por causar mais impacto quando não informa devidamente os seus utilizadores.

 

O que achas quanto a estas regras? Achas que a CNIL exagerou, ou esteve correta ao multar o Facebook? Deixa a tua opinião nos comentários e partilha com os teus amigos! E já sábes, junta-te á mistura!

“if you’re not paying for the product, you are the product”

Veja Também:

Nokia 3310 no mercado português
Aplicativos úteis no dia-a-dia